quarta-feira, 15 de setembro de 2010

A dor



A dor é uma vã e triste inimiga
À qual não me posso juntar
Se um dia se tornar amiga
É amizade para não durar

O corpo é seu lar doce lar
Mas a alma também castiga
E numa batalha a travar
A dor é uma vã e triste inimiga

Não deixa nunca saudade
E nada de bom tem para dar
É a típica insana inimizade
À qual não me posso juntar

Castiga-me sem dó ou piedade
Impiedosa dor que me fustiga
Dá-me a pior e rude amizade
Se um dia se tornar amiga

Amiga visceral e tão cruel
Que tens tu para me doar
Se afinal esse teu papel
É amizade para não durar
                                          
                                             Autor: J.S.L.


Desculpem amores, é que a cólica me faz delirar assim... :(


Nenhum comentário:

Postar um comentário